A sexta vitória no Derbi e mais dois mosqueteiros na Copa

Alô, fiel torcida!!

O Timão venceu o rival pela sexta vez, nos últimos sete clássicos!!! Números fortes deste clássico centenário. Nas estatísticas do Corinthians, a vitória do último domingo igualou o confronto: 126 a 126.

Foto: UOL
Foto: UOL

Só que desta vez, o alvinegro foi muito técnico e tático. Engoliu a equipe visitante e foi muito superior. O goleiro adversário fez defesas incríveis e evitou um placar maior. Assim como o técnico, a equipe corinthiana cresce em jogos decisivos. Foi de mesma forma contra o Vitória, na classificação para as quartas de final da Copa do Brasil. O time vinha de atuações fracas, duas derrotas nos últimos 4 jogos e teve uma boa apresentação e venceu.

Qual é o segredo desse Corinthians??? A cada jogo tento desvendar, mas fica difícil, fica mais indecifrável. E o paraguaio Romero?? O jogador adorado pela Fiel voltou a ser destaque. Com muita obediência tática e muita técnica nos últimos dois jogos. E não posso esquecer o menino Pedrinho que vem confirmando toda a confiança que a Fiel deposita no seu futebol. Contra os eternos rivais, barbarizou!!! Foi dele a jogada que terminou no primeiro e único tento do scratch corinthiano, no domingo!!! Enfim quando a coisa parece que vai dar uma arrefecida, o alvinegro esquenta tudo novamente e a fiel vai ao delírio.

Foto: Alexandre Schneider/Getty Images
Foto: Alexandre Schneider/Getty Images

COPA DO MUNDO

Foto: CBF
Foto: CBF

Após doze anos o Timão teve jogadores convocados para a Copa do Mundo. O último foi o meia Ricardinho em 2006, quando o Brasil foi eliminado pela França, de Zidane. Desta feita Cássio e Fagner foram os escolhidos para representar os mais de trinta milhões de loucos e os mais de 200 milhões de brasileiros, na Rússia. Dos cinco títulos mundiais da seleção brasileira, só em 1962 não teve participação de atletas corinthianos. Boa sorte, aos dois expoentes da atual equipe alvinegra.

Foto: CBF
Foto: CBF

Tá dito!!!!

DOIS TOQUES

– Os corinthianos campeões do mundo: 1958: Gylmar e Oreco, 1970: Ado e Rivellino, 1994: Viola e em 2002: Dida, Ricardinho e Vampeta.

– O último titular corinthiano numa Copa do Mundo foi o goleiro Carlos em 1986. Nessa equipe ainda tinham Casagrande e Edson Boaro.

Foto: Gazetapress
Foto: Gazetapress

 

Esses são os 24 corinthianos convocados para a Seleção Brasileira na história das Copas do Mundo:

1938 – Brandão (volante) e Lopes (ponta direita)

1950 – Baltazar (atacante)

1954 – Cabeção (goleiro) e Baltazar (atacante)

1958 – Gilmar (goleiro) e Oreco (lateral esquerdo)

1966 – Garrincha (atacante)

1970 – Ado (goleiro) e Rivellino (meia)

1974 – Zé Maria (lateral direito) e Rivellino (meia)

1978 – Amaral (zagueiro)

1982 – Sócrates (meia)

1986 – Carlos (goleiro), Édson (lateral direito) e Casagrande (atacante)

1994 – Viola (atacante)

2002 – Dida (goleiro), Vampeta (volante) e Ricardinho (meia)

2006 – Ricardinho (meia)

2018 – Cássio (goleiro) e Fagner (lateral direito)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *