E A PRIMEIRA VITÓRIA CHEGOU!!!!

Alô, Fiel Torcida!!!!

Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians
Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

 

Enfim a primeira vitória de 2019 chegou!!! É bem verdade que não foi uma apresentação de encher os olhos, mas nesse momento a importância da vitória, é que ela traz confiança para que os próximos passos sejam dados com tranquilidade.

Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

A tromba d’água que caiu durante o primeiro tempo ajudou a prejudicar a equipe que já estava com 7 mudanças e não fazia uma apresentação segura frente a Ponte Preta. Na segunda etapa, o técnico Fábio Carille teve uma leitura perfeita colocando Jadson, Fagner e o centroavante Mauro Boselli, mas os dois primeiros mudaram a cara da equipe e mais uma vez mostraram a liderança técnica que eles exercem no elenco.

Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians
Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Com a entrada do Boselli, achei interessante que o argentino começou saindo mais e o Gustavo mais fixo, aí eles trocaram e o gol saiu assim. Boselli mais fixo atraindo a marcação, e na movimentação Gustavo recebeu a bola sem marcação. Não posso deixar de citar duas boas apresentações individuais: o zagueiro Marllon e o volante Thiaguinho, muito bem durante a partida.

Aos poucos as coisas vão entrando “nos eixos”, não é simples reconstruir um time, pois além da parte tática e do entrosamento dos novos reforços, o técnico Carille tem que “resgatar” alguns atletas que não foram bem na temporada passada e contam com a forte desconfiança do torcedor.

Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians
Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Tá dito!!!!!

 

DOIS TOQUES: TIAGO SALAZAR

Arquivo pessoal
Arquivo pessoal

Hoje é dia do repórter Tiago Salazar, da GazetaEsportiva.net, ele que já cobriu inúmeros clubes, atualmente é o setorista do Corinthians e sabe muito!!! Seja muito bem-vindo!!!!

Dois Toques – Você que está nos treinamentos, no dia a dia das atividades, entende que o Boselli e o Gustavo podem atuar juntos?

 

Tiago Salazar: No CT, até agora, o Carille ainda não testou essa formação. E eu acho muito difícil que ele o faça. A ideia do técnico está muito clara: é Love mais aberto encostando em um centroavante, seja ele Boselli ou Gustagol.

 

A minha opinião é que essa formação pode ser usada, sim, mas apenas em momentos específicos, diante de uma necessidade, como foi contra a Ponte. Não tivessem os dois dentro da área, aquele gol não sairia, pois um puxou a marcação e o outro aproveitou o espaço.

 

Mas, não vejo como uma boa ideia ter dois centroavantes enfiados na área para início de jogo. Comprometeria a criatividade, a busca pelos espaços frente a uma equipe fechada, e também deixaria um espaço ao adversário na hora da recomposição. Como eu disse, é algo apenas para momentos específicos.

 

DT – Após a divulgação dos valores do novo patrocinador (BMG) e a repercussão ruim junto aos corinthianos. Pela sua experiência, os torcedores vão abraçar a “causa” ou ficou um “ruído” em toda essa situação?

 

Tiago Salazar: Pelo o que pudemos perceber da repercussão, a bronca do torcedores, quase que em sua totalidade, parte para cima da diretoria corinthiana. Eu, particularmente, não vi qualquer manifestação de irritação com o Banco BMG.

 

Temos também o fator histórico. É só lembrar como os corinthianos aderiram ao Banco Excel em 1998, à Pepsi e aos produtos da Hipermarcas mais recentemente.

 

Portanto, a relação ainda harmoniosa com o BMG, com bronca apenas para os dirigentes, e um histórico de fidelidade da torcida junto aos parceiros do clube, não duvido que o Corinthians consiga ter sucesso nessa aposta.

 

É uma parceria de risco e pouco transparente. O clima de apreensão é inevitável, o momento econômico do país contribui para isso, mas não será uma surpresa o sucesso da parceria. Sinto a Fiel disposta a ajudar, mais uma vez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *